Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desporto Mwangole

Desporto Mwangole

12
Abr21

1º de Agosto quer regressar às vitórias frente aos sambilas

Mwangole

 

O Estado Nacional 11 de Novembro testemunha, hoje às 17h00, um dos derbys mais antigos da capital, num duelo em que o 1º de Agosto recebe o Progresso Sambizanga, em desafio de acerto à sétima jornada do Campeonato Nacional de Futebol da primeira divisão, Girabola'2020/21, com o favoritismo a recair para os tetra-campeões, que os sambilas pretendem contrariar.

Médio ofensivo Buá pode ser aposta no “ onze” a ser apresentado pelo técnico Paulo Duarte © Fotografia por: Vigas da Purificação | Edições Novembro
Mesmo sem ter o cariz (de "vida ou morte”) de outros tempos, o embate desta tarde continua a levar muitos adeptos aos estádios, mas hoje com as restrições da pandemia o ambiente nem sequer vai esquentar.

 A equipa orientada pelo português Paulo Duarte pretende regressar aos triunfos, depois do desaire (2-1) na deslocação, terça-feira, ao reduto do Sagrada Esperança, e relançar a  perseguição aos lugares do topo da tabela. O Progresso tem sido um adversário incómodo para a equipa do Rio Seco, que tem consciência das dificuldades a transpor para sair vitoriosa da contenda, já que os sambilas ambicionam galgar alguns degraus na tabela de classificação, pelo que vai procurar complicar e roubar pontos ao adversário.

Enquanto o 1º de Agosto está a fazer uma "maratona” de jogos, que está a se reflectir no rendimento da equipa, a revelar algum desgaste na ponta final dos jogos, o Progresso está numa espécie de mini-defeso, desde o dia 21 do mês passado, aproveitado pelo  técnico Paulo Dias para preparar com todas as cautelas o desafio na perspectiva de surpreender os campeões nacionais. No último jogo, o Progresso venceu o Recreativo do Libolo, resultado que serve de catalisador para os jogadores.

O técnico Paulo Dias garante que tem a equipa preparada para enfrentar um adversário poderoso. "Sabemos que é bastante difícil, atendendo à estrutura do opositor que conta com jogadores estrangeiros de grande qualidade, ao contrário de nós, que temos um leque de atletas vindos da equipa B e dos juniores. Sendo  assim, vai ser um jogo entre equipas com objectivos diferentes. Nos lutamos pela manutenção e o adversário pelo título”, disse. Porém, o técnico avisa que apesar das diferenças a equipa tem os seus argumentos, que passam por contrariar o opositor para voltarem a pontuar”.Nas hostes dos militares, o discurso é optimista. Apenas a vitória interessa a Paulo Duarte e pupilos, que já levam duas partidas seguidas sem vencer (empate em Calulo e derrota no Dundo). Um terceiro desaire não está nas contas dos militares do Rio Seco.

No histórico de jogos no Girabola, os militares levam clara vantagem nas últimas seis épocas. Em 12 jogos, o 1º de Agosto perdeu um, venceu seis e empatou cinco, o que lhe confere o estatuto de favorito. Na edição anulada de 2019/20, o Progresso deu o ar da sua graça e venceu (1-0) na primeira volta, mas foi goleado no segundo turno, por 4-0. Todavia, hoje, apesar do favoritismo dos militares, as possibilidades de triunfo estão repartidas, já que o futebol não tem lógica e o histórico não entra em campo. Um triunfo dos militares coloca-os a par do Sagrada Esperança, no segundo lugar, com 29 pontos, ao passo que o Progresso, caso consiga surpreender o rival, alcança os 19 pontos  e junta-se ao Ferrovia do Huambo na sétima posição.O FC Bravos do Maquis lidera a competição com 31 pontos, enquanto o Santa Rita segura a "lanterna vermelha” com doze.  

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub